Blog do Project - Tudo que você queria saber sobre Microsoft Project, Project Server e Project Online

Participe do MVP Virtual Conference 2013

A comunidade de Microsoft Most Valuable Professionals (MVP) convida você para participar do MVP Virtual Conference dias 26, 27 e 28 de Março de forma 100% online.

Aproveite essa oportunidade de entender e tirar suas dúvidas sobre como as tecnologias e produtos Microsoft podem te ajudar a solucionar problemas e/ou otimizar tarefas do seu dia a dia. Aprenda diretamente com MVPs, profissionais reconhecidos pela Microsoft, independentes e especialistas, além de convidados especiais da comunidade técnica brasileira e da Microsoft, como os arquitetos do Microsoft Technology Center (MTC).

Objetivo
Apresentar online capacidades e funcionalidades de produtos e tecnologias Microsoft dentro de um contexto baseado em cenários do mundo real.

Formato
O evento conta com nove diferentes trilhas, abordando tópicos relevantes a cenários do dia a dia para as empresas, profissionais de TI e desenvolvedores. Durante cada dia de evento, três trilhas serão apresentadas por completa de forma online no formato de um webcast. Cada trilha comtemplará apresentações sobre tecnologias e produtos Microsoft dentro de um especifico cenário, finalizando com uma rica sessão estilo roundtable com todos os palestrantes da trilha.

Horário das palestras: Das 08:45 às 17:00hrs com intervalo para almoço das 11:30 às 13:00hrs.

Inscrição
As inscrições são abertas a todos os interessados. Escolha o(s) tópico(s) que mais lhe interessam, clique no respectivo link para realizar a inscrição e receber uma confirmação via e-mail para adicionar ao seu calendário. Fique à vontade em convidar outras pessoas. Clique no assunto de seu interesse abaixo para realizar a inscrição. Clique aqui para ver a lista de palestras que você irá encontrar em cada um dos nove assuntos principais.

Dia 26 de Março / terça-feira
Consumerização de TI
Responsável: Alexandro Prado – MVP
Palestrantes: Jorge Barata (MVP), Paulo Sant´anna (MTAC), Marcondes Alexandre (MVP), Igor Humberto (MTAC), Rover Marinho (MVP)
Exemplo de cenário
: Para você profissional da área, entender Consumerização de TI e as tecnologias que viabilizam isso passam a ser essenciais para você alcançar e ser bem sucedido na sua empresa e acompanhar essa tendência do mercado de TI. Acompanhe esse tema e aprenda como aplicar as tecnologias Microsoft no mundo real.
Inscreva-se agora
Segurança
Responsável: Rodrigo Immaginario – MVP
Palestrantes: Rodrigo Immaginario (MVP), Alberto Oliveira (MVP), Luciano Lima (MVP), Marcos Tupinambá (MVP)
Exemplo de cenário abordado: Uma empresa de consultoria, que possui diversos colaboradores trabalhando de forma remota, recentemente identificou diversas falhas de segurança em sua rede local e na proteção dos seus projetos confidenciais. Para melhorar a segurança do seu ambiente será adotado o conceito de “defesa em profundidade” mas o projeto deverá ser implementado com o mínimo de investimento e em curto espaço de tempo. Veja como as tecnologias já disponíveis nos sistemas operacionais da Microsoft (Server e Client) pode ajudar.
Inscreva-se agora
Gerenciamento de Projetos e Equipes de Desenvolvimento
Responsáveis: André Dias – MVP / Carlos dos Santos – MVP
Palestrantes: Carlos dos Santos (MVP), Ramon Durães (MVP), Marcelo Azuma (MVP), Cláudio Leite (ALM Ranger), André Dias (MVP), Igor Abade (MVP), Adriano Bertucci (MVP), Marcio Sete (MVP)
Exemplo de cenário abordado: Uma empresa de médio porte está em franco crescimento, aproveitando oportunidades do mercado. Suas aplicações estão se tornando mais complexas e o time de desenvolvedores está crescendo. Nos últimos anos, a empresa tem sofrido com uma demanda crescente por suporte, devido constantes falhas no software em produção. A qualidade do software gerado pelos times é sofrível e essa percepção tem crescido no mercado. A empresa espera continuar crescendo, mas precisa corrigir e evitar novos problemas com a gestão de seu processo de desenvolvimento de software. Recentemente, a empresa ouviu falar sobre as novas tendências no desenvolvimento ágil e os benefícios da abordagem para Modern Apps.
Inscreva-se agora
Dia 27 de Março / quarta-feira
Interoperabilidade no Desenvolvimento e Infraestrutura
Responsáveis: André Ruschel – MVP / Rogério de Carvalho – MVP
Palestrantes: André Ruschel (MVP), Rogério Moraes de Carvalho (MVP), Rogerio Cordeiro (Microsoft)
Exemplo de cenário: Uma empresa ampliou seu ambiente de TI recentemente, após a aquisição de duas novas empresas do mercado. Os ambientes de TI das 3 unidades são heterogêneos, contemplando diferentes cenários para monitoração, segurança, bancos de dados, desenvolvimento de aplicações e integração de processos. Mesmo antes da consolidação de todas as unidades, a empresa enfrenta uma demanda crescente por aplicações consumindo informações das 3 unidades de negócio, que rodam em plataformas heterogêneas. As equipes de desenvolvimento e infraestrutura precisam decidir quais são as tecnologias e abordagens para esse cenário de interoperabilidade interna na empresa.
Inscreva-se agora
Arquitetura e Gerenciamento de TI
Responsável: Marcelo Sincic – MVP
Palestrantes: Marcelo Sincic (MVP), Hélio Panissa (MVP), Waldemir Cambiucci (Microsoft), Daniel Donda (MVP)
Exemplo de cenário: Uma empresa possui um datacenter de 3ª geração, baseado em servidores blades adotados de diferentes fornecedores. Ao longo dos anos, a empresa tem usado fortemente o modelo de virtualização, mas tem enfrentado desafios no gerenciamento de sua TI. Constantemente, VM’s são perdidas, o processo de suporte e provisionamento é lento e não existe um portal de autoatendimento para os clientes de TI, o que exige horas de atendimento telefônico e atrasos constantes nas requisições. A empresa adota alguns processos de ITIL v3, mas não possui uma ferramenta unificada de gestão de processos ITIL.
Inscreva-se agora
Desenvolvimento de Software e Aplicativos
Responsáveis: Renato Haddad – MVP / André Carlucci – MVP
Palestrantes: Renato Haddad (MVP), Victor Cavalcante (MVP), André Carlucci (MVP), Rodolpho Marques (MVP)
Exemplo de cenário: Uma empresa da área anúncios desenvolve aplicações para seus mais de 10 mil clientes e está em franco crescimento. O perfil de seus clientes está na classe média, consumindo cada vez mais dispositivos móveis, mas também acessando informações da empresa através de desktops em casa, no trabalho ou através de sites na Web. Como desenvolver novas aplicações atendendo a todos esses requisitos?
Inscreva-se agora
Dia 28 de Março / quinta-feira
Produtividade, colaboração e comunicação unificada
Responsável: João Benito Savastano – MVP
Palestrantes: Fernando Andreazi (MVP), Sara Barbosa (MVP), André Xavier (MVP), Eduardo Freire (MVP), Fernanda Saraiva (MVP), Andrea Morais (Microsoft), João Paulo Sevegnani (Microsoft)
Exemplo de cenário: Uma empresa da área de vendas possui um número grande de vendedores em campo. A maioria de sua força de venda possui pouco tempo para retornar ao escritório ou sincronizar seus dados, acessando as informações da empresa mais de 90% do tempo externamente. Muito processos exigem a aprovação de workflows ou leitura de e-mails do pessoal em campo. Ao mesmo tempo, a empresa tem percebido um aumento crescente em seus gastos com telefonia, devido a maior capilaridade de empresa pelo Brasil.
Inscreva-se agora
Computação em Nuvem
Responsáveis: Lucas Romão – MVP, Evilázaro Alves – MVP, Fabrício Sanchez – MVP
Palestrantes: Lucas Romão (MVP), Evilázaro Alves (MVP), Fabrício Sanchez (MVP), Humberto Silva (Microsoft)
Exemplo de cenário: Pequenas, médias e grandes empresas hoje avaliam sua infraestrutura, em relação aos desafios para o gerenciamento e manutenção do ambiente de TI. O mercado tem apresentado nos últimos anos alternativas para a gestão de TI, através de modelos baseados em nuvem pública ou privada. Mais recentemente, a construção de nuvens híbridas tem recebido destaque em fóruns de arquitetura e gerenciamento de infraestrutura. Uma empresa está hoje com 80% de sua TI baseada em máquinas virtuais sem gerenciamento unificado. Outros 20% estão em máquinas físicas, com aplicações legadas. Como dar o próximo passo?
Inscreva-se agora
BI, Big Data e Gerenciamento de Dados
Responsáveis: Luciano Moreira – MVP, Gustavo Maia – MVP
Palestrantes: Luciano Moreira (MVP), Pericles Rocha (Microsoft), Nilton Pinheiro (MVP), Felipe Ferreira (MVP), Fabiano Amorim (MVP)
Exemplo de cenário: A análise de dados é um dos principais elementos de sucesso para o bom entendimento de diversas linhas de negócio. Sem uma análise de dados robusta, é impossível entender as tendências e comportamento de seu negócio, durante as várias fases de sua execução. Uma empresa da área financeira deseja analisar o comportamento de risco de seus milhares de clientes e investidores. Ela busca ferramentas de análise e mecanismos de integração para consumo de diferentes fontes de dados de seus vários sistemas.
Inscreva-se agora

Para conhecer mais sobre o Programa MVP, visite o site http://mvp.microsoft.com 

Acompanhe também as novidades e atividades dos MVPs do Brasil no Facebook e Twitter oficiais do programa no país.

* O MVP Virtual Conference é uma iniciativa independente dos MVPs do Brasil.

SharePoint 2013 e Project Server 2013 Trial

Pessoal,

Todos já sabem que o SharePoint Server 2013, Project Server 2013 e Project Professional 2013 já foram lançados, mas quem ainda não baixou e quer fazer um teste da nova versão, foi diponibilizado as versões trial dos produtos:

SharePoint Server 2013:

http://technet.microsoft.com/pt-BR/evalcenter/hh973397

Project Server 2013:

http://technet.microsoft.com/pt-br/evalcenter/hh973403

Project Professional:

http://technet.microsoft.com/pt-BR/evalcenter/hh973401

OBS: Vale lembrar que o trial é válido por 180 dias.

Abraços,

André Xavier

Project Ignite Brasil

Não sei se todos viram os posts sobre o Project Ignite que aconteceram nos EUA, Europa e Austrália:

O evento foi muito bom e quem foi ou participou online gostou bastante.

Quem não participou seja por não querer viajar ou seja por não saber inglês, agora não tem mais desculpa. A Microsoft Brasil organizou e vamos rodar o Project Ignite na sede da Microsoft aqui no Brasil, em São Paulo.

No lugar de 3 dias, serão 2 dias mostrando as mudanças e as novidades do Project, Project Server e Project Online. O evento será exclusivo para parceiros Microsoft e eu irei ministrar o treinamento.

Se você é parceiro Microsoft, não deixe de participar:

Project Ignite

Espero você lá!

Abraços,

André

O novo Project chega ao marco de RTM

project-largeHoje o time de Project anunciou que o novo Project chegou ao importante marco de RTM (Release to Manufacturing) ou seja a versão final do produto. Quer dizer mais alguns dias já poderemos comprar e instalar a nova versão do Project.

Lembrando que não será apenas o Project que estará disponível, mas Office, Project Server, SharePoint, Lync e Exchange. Pensando em Project Server, vale lembrar que a Microsoft irá disponibilizar o Project Online, deixando a cargo do cliente escolher se deseja uma solução de gerenciamento de portfolio online (ou na nuvem como o pessoal gosta de falar) ou dentro da própria empresa.

Para os clientes que tem Software Assurance o Project Professional 2013 e Project Server 2013 estarão disponíveis no meio de novembro e os produtos estarão disponíveis na lista de preços de Volume Licensing no dia 1o de Dezembro.

Veja o post do blog oficial do Project: The New Microsoft Project reaches RTM

Veja o post do blog oficial do Office: Office Reaches RTM

Parabéns a equipe do Project e não vejo a hora de instalar tudo 2013 na minha máquina!

Abraços,

André Xavier

Família Project – Novos produtos e nomes

Project - Novo IconeCom o anuncio na nova versão do Project, ganhamos também alguns produtos e alguns nomes diferentes de acordo se o produto é local ou no Office 365. Abaixo vou detalhar cada um :

  • Project Standard 2013: Versão standard do Microsoft Project. Não conecta no Project Server ou Project Online. Não foi anunciado ainda não.
  • Project Professional 2013: Versão professional do Microsoft Project. Conecta no Project Server ou Project Online. Para testar, baixe através deste link.
  • Project Server 2013: A versão local do servidor de PPM. É instalado em cima do SharePoint Server 2013, apesar de ser vendido separadamente. Através de parceiros de Host pode ser utilizado através de aluguel.
  • Project Web App: Antigamente chamado de Project Web Access, mudou de novo na versão 2010. É o serviço web do Project Server.
  • Project Online: É a oferta da Microsoft do serviço na nuvem do Project Server. Não foi chamado de Project Server Online para seguir o padrão do Office 365. (Não temos Exchange Server Online, temos Exchange Online, não temos SharePoint Server Online, temos SharePoint Online e assim vai…). Apesar de ser o Project Server na nuvem, o produto ser o mesmo, teremos algumas restrições de funcionalidades. Quem quiser testar, basta entrar neste post e aprender como cadastrar.
  • Project Pro para Office 365: É a versão de aluguel do Project Professional 2013. Você paga por mês e enquanto estiver ativa sua assinatura, o Project funciona na sua máquina, após isso, ele será desativado.
  • Project Online com o Project Pro para Office 365: É a assinatura do Project Online mais o Project Pro. Todos através de assinatura.

project-large

Project Server 2013 – O que é novo e o que mudou?

Com o lançamento do Office 2013, a Microsoft lançou uma PS2013 - Novidades1atualização significativa para o Project Server. Neste post, vamos dar uma olhada em algum dos novos recursos e, mais importante, o que mudou.

 

Mudança no visual

A primeira coisa que você percebe quando a abertura de um site do PWA é a aparência, com Project Server 2013 em cima do SharePoint 2013, ele automaticamente herda uma série de mudanças incluídas no SharePoint, incluindo as novas mensagens “amigáveis”, Ribbon que estão ocultos por padrão e suavemente animados, a capacidade de esconder a navegação lateral esquerda.

PS2013 - Novidades2

Falando em navegação, por padrão, criando uma nova instância do PWA da cara parece que temos muito menos funcionalidades do que você esperaria no Project Server 2010. Que não é o caso, o menu do lado esquerdo foi simplificado na instalação padrão, mas os recursos que você esperaria para ver como os quadros de horários, problemas e riscos, análise de portfólio e as configurações do servidor ainda estão por aí, mas eles não são visíveis por padrão.

PS2013 - Novidades3

Uma das coisas que realmente gosto são os grandes ícones usados para dar ao usuário acesso a comandos típicos, estas realmente mostram a nova interface de usuário Metro e são muito mais agradáveis comparadas a web part de lembretes do 2010.

 

Project Online

Esta sim é uma grande mudança. Com o Project Server 2013, Microsoft fez uma série de mudanças significativas nos bastidores para permitir que o Project Server 2013 esteja disponível no Office 365 como Project Online; As quatro bases do Project Server (Draft, Published, Archive e Reporting) foram substituídas por um único banco de dados com quatro diferentes esquemas. O pensamento por trás desta mudança é reduzir a sobrecarga de manutenção, tanto para os clientes executando o Project Server, mas também para a Microsoft quando executando o Project Server no Office 365.

Como você pode imaginar, executando o Project Server na nuvem apresenta uma série de problemas que precisam ser abordados, acesso direto a bases de dados e APIs precisam ser restritas ou protegidos a fim de proteger a plataforma. A equipe do Project tem investido pesado nessa área, fornecendo mecanismos alternativos para geração de relatórios por meio de oData feeds e o novo CSOM (Client Side Object Model) que fornece acesso a funções comuns de PSI (Não serão todas!). Claro, se você estiver usando o Project Server local, você tem o melhor dos dois mundos, o acesso a esses novos recursos e o banco de dados de relatório tradicional e PSI.

Estarei postando algumas das diferenças entre a oferta do Office 365 e o Project Server 2013 nas próximas semanas.

 

Cronograma / Agendamento (Scheduling)

Talvez uma das mudanças mais difíceis de encontrar são essas alterações para o mecanismo de agendamento que foi melhorado significativamente. No Project Server 2010, aa web part de Cronograma, para reagendar as tarefas o usuário precisava clicar no botão calcular. Com Project Server 2013, isso não é mais necessário, agora o cronograma é atualizado automaticamente.

PS2013 - Novidades4

A equipe do Project tem se esforçado para alinhar o mecanismo de agendamento existente no Project com o do Project Server, nesta versão houve um salto significativo, permitindo que recurso de custo e material possam ser atribuídos a tarefas, definir prazos finais, atualização das tarefas de forma imediata atualizando campos de fórmula (sem necessidade de publicar para atualizar) e a mudança mais visível, a adição da visão de linha do tempo.

Ah e tem mais uma coisa… agora você pode salvar a linha de base através do PWA. Sim, você leu corretamente. Com isso, reduziram significativamente a necessidade de usar o Project Professional.

PS2013 - Novidades5

 

Fluxo de trabalho e gerenciamento de demanda

Microsoft tem melhorado a história de fluxo de trabalho no Project Server 2013 e do SharePoint 2013 com a introdução do novo Azure com base em servidor de fluxo de trabalho que se baseia no Windows Workflow Foundation 4.0, mais rápido e mais escalável, mas requer a criação de seus fluxos de trabalho do zero para usar esta novidade. Se você investiu muito tempo e esforço na construção de fluxos de trabalho no 2010 não se estresse, eles vão continuar executando como seria de esperar.

Outra mudança não trivial para o Project Server 2013 é a capacidade de criar simples demanda de fluxos de trabalho usando o SharePoint Designer 2013 no lugar de ser obrigado a usar o Visual Studio.

 

 

Emissão de relatórios

Project Server 2013 apresenta uma série de mudanças em torno da comunicação destina-se essencialmente a fornecer informação seja para o Project Online, seja para o Project Server 2013 local. A principal mudança é a introdução de feeds oData que permitem acesso ao dados do Project Server através de uma URL. Esta forma de acesso já estava disponível no Project Server 2010, mas apenas para obter o conteúdo do SharePoint como listas no site do PWA. No 2013 esses feeds permitem que você obtenha dados do Project Server, incluindo atribuições, tarefas e projetos.

PS2013 - Novidades6

Claro, Microsoft adicionou também recursos no Excel a fim de torna-lo mais fácil de consumir esses feeds oData, fazendo do Excel a verdadeira ferramenta de relatórios.

 

Calendários de recursos

O Project Server 2010 introduziu a capacidade de integrar atualizações de tarefas através do Exchange Server, com o Project Server 2013, a equipe do Project foi mais além, permitindo que a sincronização de seu ‘ fora do escritório’ com seu calendário de recursos. Impressionante!!!!

 

Gerenciamento simplificado de quadros de horários e tarefas

Os usuários e consultores sempre lutam com são os quadros de horários, no Project Server 2013 o quadro de horários foi simplificado e ficou mais fácil de usar. PS2013 - Novidades7

 

Gerenciamento de projeto “simplificado”

Um dos recursos mais interessantes na versão 2013 é o novo recurso de gerenciamento de projeto simplificado, que permite os usuários usar um Site de Projeto do SharePoint para gerenciar projetos sem a necessidade de usar o Project Server. Qualquer trabalho atribuído a uma pessoa em quaisquer sites de projeto será automaticamente agregados em um feed central que pode ser acessado através do meu site.

PS2013 - Novidades8

 

Modo de segurança

Configurar o modelo de segurança do Project Server pode ser difícil para algumas pessoas, assim no Project Server 2013 a Microsoft introduziu o modelo de segurança do SharePoint. Claro, se você quiser usar o modelo de segurança do Project Server tradicional com grupos e categorias, isso pode ser configurado com o clique de um botão (ou alguns PowerShell).

 

Descontinuação e outras alterações

A primeira funcionalidade descontinuada foi o modo de compatibilidade, ele permitia usar o Project 2007 com o Project Server 2010. Isso ajudava bastante durante uma migração, mas agora no 2013 não teremos mais esta opção.

Se você estiver usando o Project Online, há uma série de funcionalidades que não estão disponíveis para fins de segurança. Coisas como o PSI e o banco de dados de relatório não estão disponíveis, no lugar teremos que usar os feeds oData e o CSOM. Também não teremos mais cubos OLAP no Project Online, apenas no Project Server 2013 local.

Existem algumas outras mudanças, acabaram com a fila de quadro de horários e algumas das coisas que você esperaria ver em configurações do servidor mudaram para a Administração Central ou não estão mais disponíveis. Além disso, parece que a capacidade de ligar risco, questões e documentos nos espaços de trabalho foi alterada, mas mais sobre isso em uma postagem posterior.

 

Conclusão

Project Server 2013 é uma versão empolgante, proporcionando uma série de melhorias em toda a plataforma. Com a introdução do Project Online uma barreira significativa para a entrada na plataforma foi removida e sem dúvida vai aumentar a absorção.

 

imageEste post foi uma tradução autorizada do post “Project Server 2013 – What’s new and what’s changed?” do Blog EPMSouce mantido pelo MVP de Project Alex Burton.

Project Ignite 2012

Ignite     Ignite-Project

Jan Kalis, responsável pelos parceiros Microsoft no time de produto, acabou de divulgar o tour do Project Ignite.

Antes de falar do atual, deixa eu explicar melhor o que é o Ignite e porque participar.

O Ignite é um treinamento para os parceiros no intuito de prepara-los para o Project 2013, Project Server 2013 e Project Online. É um treinamento avançado, para quem já conhece o produto nas versões anteriores e ainda não teve contato com a nova versão.

Para quem não viu os vídeos do Ignite de 2009:

Vídeos do Project 2010 Ignite

Acho a ideia desses treinamentos fantástica, pois prepara os parceiros antes do lançamento do produto, com isso quando o produto chega ao mercado, todos já conhecem e sabem vender.

Como foi anunciado a versão beta dos produtos, agora é questão de tempo para lançarem a versão final, por isso esta programado 3 datas para o Ignite, infelizmente não teremos aqui no Brasil Sad smile. As datas e locais são:

  • Sydney, Austrália, 18 a 20 de Setembro de 2012
  • Reston, Virginia, USA, 2 a 4 de Outubro de 2012  (Eu e mais algumas pessoas da BHS vamos participar deste!)
  • Warsaw, Polônia, Europa,  a 11 de Outubro de 2012

Como vocês podem ver, serão 3 dias de treinamento. A boa notícia é que além da presença física, teremos a opção de participar via Lync. Não esqueçam do fuso horário ao fazerem o cadastro no evento, eu mesmo esqueci e fiz primeiramente para Sydney, tive que cancelar o cadastro e fazer novamente para Reston. Smile

Os valores são:

  • Presencial: $99 (99 dólares)
  • Lync: $29 (29 dólares)

image

Aproveitem!

Desenvolvimento para Office 2013, SharePoint 2013 e Project 2013

Este post é para desenvolvedores:

Project 2013

  • Project para Desenvolvedores

http://msdn.microsoft.com/en-us/office/aa905469

image

 

Office, SharePoint e Project 2013

Vídeos com treinamento de desenvolvimento para Office 2013, SharePoint Server 2013, Project 2013 e Project Server 2013. Além de cobrir a novidade de aplicativos para Office (Excel, Word, Outlook e Project) e SharePoint.

Introduction to Office 2013 and SharePoint 2013 Development

Develop apps for Office 2013

Create document-based apps for Office 2013

Create mail apps for Outlook 2013

SharePoint 2013 app model for developers

SharePoint 2013 developer tools

Create hosted apps in SharePoint 2013

Create cloud-hosted apps for SharePoint 2013

SharePoint 2013 client object model (CSOM) and REST APIs

OAuth and application identity in SharePoint 2013

Develop SharePoint 2013 remote event receivers

Workflow changes and features in SharePoint 2013

Business connectivity services changes in SharePoint 2013

Search features and changes in SharePoint 2013

Enterprise content management changes in SharePoint 2013

Social features in SharePoint 2013

Office services in SharePoint 2013

Create mobile apps for SharePoint 2013

Project Professional 2013 training for developers

Project Server 2013 training for developers

%d blogueiros gostam disto: