Blog do Project - Tudo que você queria saber sobre Microsoft Project, Project Server e Project Online

SharePoint 2013 e Project Server 2013 Trial

Pessoal,

Todos já sabem que o SharePoint Server 2013, Project Server 2013 e Project Professional 2013 já foram lançados, mas quem ainda não baixou e quer fazer um teste da nova versão, foi diponibilizado as versões trial dos produtos:

SharePoint Server 2013:

http://technet.microsoft.com/pt-BR/evalcenter/hh973397

Project Server 2013:

http://technet.microsoft.com/pt-br/evalcenter/hh973403

Project Professional:

http://technet.microsoft.com/pt-BR/evalcenter/hh973401

OBS: Vale lembrar que o trial é válido por 180 dias.

Abraços,

André Xavier

Project Ignite Brasil

Não sei se todos viram os posts sobre o Project Ignite que aconteceram nos EUA, Europa e Austrália:

O evento foi muito bom e quem foi ou participou online gostou bastante.

Quem não participou seja por não querer viajar ou seja por não saber inglês, agora não tem mais desculpa. A Microsoft Brasil organizou e vamos rodar o Project Ignite na sede da Microsoft aqui no Brasil, em São Paulo.

No lugar de 3 dias, serão 2 dias mostrando as mudanças e as novidades do Project, Project Server e Project Online. O evento será exclusivo para parceiros Microsoft e eu irei ministrar o treinamento.

Se você é parceiro Microsoft, não deixe de participar:

Project Ignite

Espero você lá!

Abraços,

André

O novo Project chega ao marco de RTM

project-largeHoje o time de Project anunciou que o novo Project chegou ao importante marco de RTM (Release to Manufacturing) ou seja a versão final do produto. Quer dizer mais alguns dias já poderemos comprar e instalar a nova versão do Project.

Lembrando que não será apenas o Project que estará disponível, mas Office, Project Server, SharePoint, Lync e Exchange. Pensando em Project Server, vale lembrar que a Microsoft irá disponibilizar o Project Online, deixando a cargo do cliente escolher se deseja uma solução de gerenciamento de portfolio online (ou na nuvem como o pessoal gosta de falar) ou dentro da própria empresa.

Para os clientes que tem Software Assurance o Project Professional 2013 e Project Server 2013 estarão disponíveis no meio de novembro e os produtos estarão disponíveis na lista de preços de Volume Licensing no dia 1o de Dezembro.

Veja o post do blog oficial do Project: The New Microsoft Project reaches RTM

Veja o post do blog oficial do Office: Office Reaches RTM

Parabéns a equipe do Project e não vejo a hora de instalar tudo 2013 na minha máquina!

Abraços,

André Xavier

Família Project – Novos produtos e nomes

Project - Novo IconeCom o anuncio na nova versão do Project, ganhamos também alguns produtos e alguns nomes diferentes de acordo se o produto é local ou no Office 365. Abaixo vou detalhar cada um :

  • Project Standard 2013: Versão standard do Microsoft Project. Não conecta no Project Server ou Project Online. Não foi anunciado ainda não.
  • Project Professional 2013: Versão professional do Microsoft Project. Conecta no Project Server ou Project Online. Para testar, baixe através deste link.
  • Project Server 2013: A versão local do servidor de PPM. É instalado em cima do SharePoint Server 2013, apesar de ser vendido separadamente. Através de parceiros de Host pode ser utilizado através de aluguel.
  • Project Web App: Antigamente chamado de Project Web Access, mudou de novo na versão 2010. É o serviço web do Project Server.
  • Project Online: É a oferta da Microsoft do serviço na nuvem do Project Server. Não foi chamado de Project Server Online para seguir o padrão do Office 365. (Não temos Exchange Server Online, temos Exchange Online, não temos SharePoint Server Online, temos SharePoint Online e assim vai…). Apesar de ser o Project Server na nuvem, o produto ser o mesmo, teremos algumas restrições de funcionalidades. Quem quiser testar, basta entrar neste post e aprender como cadastrar.
  • Project Pro para Office 365: É a versão de aluguel do Project Professional 2013. Você paga por mês e enquanto estiver ativa sua assinatura, o Project funciona na sua máquina, após isso, ele será desativado.
  • Project Online com o Project Pro para Office 365: É a assinatura do Project Online mais o Project Pro. Todos através de assinatura.

project-large

Project Server 2013 – O que é novo e o que mudou?

Com o lançamento do Office 2013, a Microsoft lançou uma PS2013 - Novidades1atualização significativa para o Project Server. Neste post, vamos dar uma olhada em algum dos novos recursos e, mais importante, o que mudou.

 

Mudança no visual

A primeira coisa que você percebe quando a abertura de um site do PWA é a aparência, com Project Server 2013 em cima do SharePoint 2013, ele automaticamente herda uma série de mudanças incluídas no SharePoint, incluindo as novas mensagens “amigáveis”, Ribbon que estão ocultos por padrão e suavemente animados, a capacidade de esconder a navegação lateral esquerda.

PS2013 - Novidades2

Falando em navegação, por padrão, criando uma nova instância do PWA da cara parece que temos muito menos funcionalidades do que você esperaria no Project Server 2010. Que não é o caso, o menu do lado esquerdo foi simplificado na instalação padrão, mas os recursos que você esperaria para ver como os quadros de horários, problemas e riscos, análise de portfólio e as configurações do servidor ainda estão por aí, mas eles não são visíveis por padrão.

PS2013 - Novidades3

Uma das coisas que realmente gosto são os grandes ícones usados para dar ao usuário acesso a comandos típicos, estas realmente mostram a nova interface de usuário Metro e são muito mais agradáveis comparadas a web part de lembretes do 2010.

 

Project Online

Esta sim é uma grande mudança. Com o Project Server 2013, Microsoft fez uma série de mudanças significativas nos bastidores para permitir que o Project Server 2013 esteja disponível no Office 365 como Project Online; As quatro bases do Project Server (Draft, Published, Archive e Reporting) foram substituídas por um único banco de dados com quatro diferentes esquemas. O pensamento por trás desta mudança é reduzir a sobrecarga de manutenção, tanto para os clientes executando o Project Server, mas também para a Microsoft quando executando o Project Server no Office 365.

Como você pode imaginar, executando o Project Server na nuvem apresenta uma série de problemas que precisam ser abordados, acesso direto a bases de dados e APIs precisam ser restritas ou protegidos a fim de proteger a plataforma. A equipe do Project tem investido pesado nessa área, fornecendo mecanismos alternativos para geração de relatórios por meio de oData feeds e o novo CSOM (Client Side Object Model) que fornece acesso a funções comuns de PSI (Não serão todas!). Claro, se você estiver usando o Project Server local, você tem o melhor dos dois mundos, o acesso a esses novos recursos e o banco de dados de relatório tradicional e PSI.

Estarei postando algumas das diferenças entre a oferta do Office 365 e o Project Server 2013 nas próximas semanas.

 

Cronograma / Agendamento (Scheduling)

Talvez uma das mudanças mais difíceis de encontrar são essas alterações para o mecanismo de agendamento que foi melhorado significativamente. No Project Server 2010, aa web part de Cronograma, para reagendar as tarefas o usuário precisava clicar no botão calcular. Com Project Server 2013, isso não é mais necessário, agora o cronograma é atualizado automaticamente.

PS2013 - Novidades4

A equipe do Project tem se esforçado para alinhar o mecanismo de agendamento existente no Project com o do Project Server, nesta versão houve um salto significativo, permitindo que recurso de custo e material possam ser atribuídos a tarefas, definir prazos finais, atualização das tarefas de forma imediata atualizando campos de fórmula (sem necessidade de publicar para atualizar) e a mudança mais visível, a adição da visão de linha do tempo.

Ah e tem mais uma coisa… agora você pode salvar a linha de base através do PWA. Sim, você leu corretamente. Com isso, reduziram significativamente a necessidade de usar o Project Professional.

PS2013 - Novidades5

 

Fluxo de trabalho e gerenciamento de demanda

Microsoft tem melhorado a história de fluxo de trabalho no Project Server 2013 e do SharePoint 2013 com a introdução do novo Azure com base em servidor de fluxo de trabalho que se baseia no Windows Workflow Foundation 4.0, mais rápido e mais escalável, mas requer a criação de seus fluxos de trabalho do zero para usar esta novidade. Se você investiu muito tempo e esforço na construção de fluxos de trabalho no 2010 não se estresse, eles vão continuar executando como seria de esperar.

Outra mudança não trivial para o Project Server 2013 é a capacidade de criar simples demanda de fluxos de trabalho usando o SharePoint Designer 2013 no lugar de ser obrigado a usar o Visual Studio.

 

 

Emissão de relatórios

Project Server 2013 apresenta uma série de mudanças em torno da comunicação destina-se essencialmente a fornecer informação seja para o Project Online, seja para o Project Server 2013 local. A principal mudança é a introdução de feeds oData que permitem acesso ao dados do Project Server através de uma URL. Esta forma de acesso já estava disponível no Project Server 2010, mas apenas para obter o conteúdo do SharePoint como listas no site do PWA. No 2013 esses feeds permitem que você obtenha dados do Project Server, incluindo atribuições, tarefas e projetos.

PS2013 - Novidades6

Claro, Microsoft adicionou também recursos no Excel a fim de torna-lo mais fácil de consumir esses feeds oData, fazendo do Excel a verdadeira ferramenta de relatórios.

 

Calendários de recursos

O Project Server 2010 introduziu a capacidade de integrar atualizações de tarefas através do Exchange Server, com o Project Server 2013, a equipe do Project foi mais além, permitindo que a sincronização de seu ‘ fora do escritório’ com seu calendário de recursos. Impressionante!!!!

 

Gerenciamento simplificado de quadros de horários e tarefas

Os usuários e consultores sempre lutam com são os quadros de horários, no Project Server 2013 o quadro de horários foi simplificado e ficou mais fácil de usar. PS2013 - Novidades7

 

Gerenciamento de projeto “simplificado”

Um dos recursos mais interessantes na versão 2013 é o novo recurso de gerenciamento de projeto simplificado, que permite os usuários usar um Site de Projeto do SharePoint para gerenciar projetos sem a necessidade de usar o Project Server. Qualquer trabalho atribuído a uma pessoa em quaisquer sites de projeto será automaticamente agregados em um feed central que pode ser acessado através do meu site.

PS2013 - Novidades8

 

Modo de segurança

Configurar o modelo de segurança do Project Server pode ser difícil para algumas pessoas, assim no Project Server 2013 a Microsoft introduziu o modelo de segurança do SharePoint. Claro, se você quiser usar o modelo de segurança do Project Server tradicional com grupos e categorias, isso pode ser configurado com o clique de um botão (ou alguns PowerShell).

 

Descontinuação e outras alterações

A primeira funcionalidade descontinuada foi o modo de compatibilidade, ele permitia usar o Project 2007 com o Project Server 2010. Isso ajudava bastante durante uma migração, mas agora no 2013 não teremos mais esta opção.

Se você estiver usando o Project Online, há uma série de funcionalidades que não estão disponíveis para fins de segurança. Coisas como o PSI e o banco de dados de relatório não estão disponíveis, no lugar teremos que usar os feeds oData e o CSOM. Também não teremos mais cubos OLAP no Project Online, apenas no Project Server 2013 local.

Existem algumas outras mudanças, acabaram com a fila de quadro de horários e algumas das coisas que você esperaria ver em configurações do servidor mudaram para a Administração Central ou não estão mais disponíveis. Além disso, parece que a capacidade de ligar risco, questões e documentos nos espaços de trabalho foi alterada, mas mais sobre isso em uma postagem posterior.

 

Conclusão

Project Server 2013 é uma versão empolgante, proporcionando uma série de melhorias em toda a plataforma. Com a introdução do Project Online uma barreira significativa para a entrada na plataforma foi removida e sem dúvida vai aumentar a absorção.

 

imageEste post foi uma tradução autorizada do post “Project Server 2013 – What’s new and what’s changed?” do Blog EPMSouce mantido pelo MVP de Project Alex Burton.

Project Ignite 2012

Ignite     Ignite-Project

Jan Kalis, responsável pelos parceiros Microsoft no time de produto, acabou de divulgar o tour do Project Ignite.

Antes de falar do atual, deixa eu explicar melhor o que é o Ignite e porque participar.

O Ignite é um treinamento para os parceiros no intuito de prepara-los para o Project 2013, Project Server 2013 e Project Online. É um treinamento avançado, para quem já conhece o produto nas versões anteriores e ainda não teve contato com a nova versão.

Para quem não viu os vídeos do Ignite de 2009:

Vídeos do Project 2010 Ignite

Acho a ideia desses treinamentos fantástica, pois prepara os parceiros antes do lançamento do produto, com isso quando o produto chega ao mercado, todos já conhecem e sabem vender.

Como foi anunciado a versão beta dos produtos, agora é questão de tempo para lançarem a versão final, por isso esta programado 3 datas para o Ignite, infelizmente não teremos aqui no Brasil Sad smile. As datas e locais são:

  • Sydney, Austrália, 18 a 20 de Setembro de 2012
  • Reston, Virginia, USA, 2 a 4 de Outubro de 2012  (Eu e mais algumas pessoas da BHS vamos participar deste!)
  • Warsaw, Polônia, Europa,  a 11 de Outubro de 2012

Como vocês podem ver, serão 3 dias de treinamento. A boa notícia é que além da presença física, teremos a opção de participar via Lync. Não esqueçam do fuso horário ao fazerem o cadastro no evento, eu mesmo esqueci e fiz primeiramente para Sydney, tive que cancelar o cadastro e fazer novamente para Reston. Smile

Os valores são:

  • Presencial: $99 (99 dólares)
  • Lync: $29 (29 dólares)

image

Aproveitem!

Video: Quer conhecer as novidades do Project Server 2013?

Quer conhecer o Project Server 2013 mas ainda não tem máquina e/ou não esta aguentando de curiosidade?

Veja o vídeo abaixo:

%d blogueiros gostam disto: